Posts com a Tag ‘brinquedos’

Jogos Indígenas do Brasil

terça-feira, 6 de julho de 2010

cama-de-gato

 

Um amplo e diverso panorama cultural é o resultado das pesquisas realizadas, todos os anos, pela Origem. Projetos que traduzem modos de vida distantes, com o olhar voltado ao que o homem pensa, sente e faz no mundo. Materializados em jogos e objetos de diversos países, os conhecimentos gerados por esses estudos difundem o diálogo criativo entre beleza e humor. E, por falar do que se passa em nossas terras, o projeto Jogos Indígenas do Brasil levou à frente estudo com sete etnias de indígenas brasileiros. Realizado no segundo semestre de 2003 e primeiro semestre de 2004, a pesquisa foi feita para coletar e registrar, em vídeo e livro, os brinquedos, brincadeiras e jogos praticados por eles, hoje e no passado.

 

Segundo o coordenador do projeto e diretor da Origem, Maur√≠cio de Ara√ļjo Lima, o trabalho objetivou comprovar que os ind√≠genas brasileiros conhecem brinquedos e jogos de origem ancestral, al√©m de buscar a confirma√ß√£o de que o Jogo da On√ßa, um jogo de estrat√©gia, tem semelhan√ßas com os dos povos incas, no Peru, sendo conhecido, de forma disseminada, entre os ind√≠genas brasileiros.¬†¬†

 guerra11

Vamos aos resultados da pesquisa, que dizem respeito, sobretudo, ao nosso valioso patrim√īnio cultural. De acordo com Maur√≠cio, ‚Äúcomprovou-se que etnias de todas as regi√Ķes do Brasil conhecem jogos e brinquedos que lhes s√£o comuns e que alguns praticados pelos ind√≠genas norte-americanos, no passado, desapareceram em fun√ß√£o da influ√™ncia do dom√≠nio da civiliza√ß√£o de formato europeu naquele continente. A pesquisa constatou, ainda, o conhecimento do Jogo da On√ßa, por parte dos √≠ndios brasileiros, antes da chegada dos europeus ao nosso pa√≠s‚ÄĚ. Para o estudioso do Museu Brit√Ęnico de Londres, Irving Finkel, a comprova√ß√£o obtida pelo estudo consiste,¬†nas palavras do¬†diretor da Origem, em um ‚Äúverdadeiro tesouro nacional, uma vez que se pode dizer que o Jogo da On√ßa √© o jogo nacional brasileiro mais leg√≠timo‚ÄĚ.

 

O projeto contou com a participa√ß√£o do produtor geral, Breno Nogueira; do diretor de cinema, Alfredo Alves; do diretor de fotografia, Fabian Boal; do produtor, Alessandro Torino e do assistente de √°udio Tiago Esp√≠ndola. O estudo foi patrocinado pela Bosch, atrav√©s da Lei Federal de Incentivo √† Cultura; com o apoio da Sociedade Internacional de Estudo de Jogos de Tabuleiro e a participa√ß√£o do especialista em jogos do Museu Brit√Ęnico, na Inglaterra, Irving Finkel e outro da Universidade de Leiden, na Holanda, Alex de Voogt. O document√°rio e o livro produzidos a partir da pesquisa foram doados pela Origem e¬†pelo MEC para 20 mil escolas p√ļblicas.¬†¬†

 

bilboq1

 

 

Produtos da Origem, como o Jogo da On√ßa, o jogo da velha Pira√≠ e o quebra-cabe√ßa Ek√≥, s√£o frutos do trabalho. Os atuais projetos de pesquisa da empresa t√™m como foco o estudo de jogos do s√©culo XX. √Č esperar pra ver, e brincar!!!¬†